Ministério da Saúde viabilizará aquisição de equipamentos para UFRN

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, recebeu a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Maria Paiva Cruz, na tarde desta quarta-feira, 11, em Brasília, para tratar de dois assuntos: a disponibilidade orçamentária para aquisição de equipamentos para a pesquisa e o ensino e um aditivo para contratualização de serviços dentro do âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Giselda Trigueiro.

O investimento para a primeira ação é de cerca de 11 milhões de reais e viabilizará a oferta de atendimentos que requeiram exames como Endoscopia digestiva alta, ultrassonografia computadorizada e ressonância magnética. Ângela Paiva sustentou, para o aditivo da contratualização, que ele “permitirá que possamos aumentar e qualificar o atendimento no Giselda após a inauguração, em 2018, de uma unidade do Instituto de Medicina Tropical ao lado do prédio atual, na qual funcionará alguns dos serviços hoje realizados nas dependências do hospital, como o ambulatório”. As instalações também receberão o Núcleo de Pesquisa Aplicada em Doenças Tropicais do Instituto.

A reitora relatou ao ministro que reuniões preliminares já foram realizadas com as secretarias estadual e municipal de Natal para expor aos gestores destas unidades os detalhes dos serviços, da natureza operacional e da estrutura do IMT, bem como requerer as medidas cabíveis a estas instância do Município e do Estado. Ao fim do encontro, o ministro da Saúde se comprometeu a viabilizar a aquisição dos equipamentos com o orçamento que o Ministério está buscando para o ano de 2017. 

Já para a contratualização, Ricardo Barros encaminhou que o ministério irá aguardar os serviços terem início para para poder repassar os recursos ao Município de Natal. Os deputados federais Felipe Maia e Beto Rosado estiveram presentes à reunião contextualizaram o Ministro quanto a importância desta ação para os serviços de saúde na capital e afirmaram que toda a bancada federal apoia o pedido da UFRN. Além deles, a vice-diretora do IMT, Eliana Tomas, acompanhou a reitora no encontro.